Inova Jovem: Eunápolis é contemplada com programa de combate à violência contra juventude

Assistência Social

23 de Fevereiro de 2018

Elber Rocha – Coordenador Geral de Políticas Transversais – SNJ

Mais uma conquista pra juventude eunapolitana. A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Eunápolis recebeu do Coordenador Geral de Políticas Transversais da Secretaria Nacional da Juventude, Elber Borges, a notícia de que o município foi contemplado com o Projeto Federal Inova Jovem, que faz parte do pacote de ações do Plano Juventude Viva, e tem como objetivo levar aos jovens, em maior situação de vulnerabilidade social, cursos profissionalizantes e de incentivo ao empreendedorismo.

Segundo a secretária de Assistência Social, Larissa Oliveira, o curso, com data a ser definida, terá duração de 06 meses a 1 ano, e os jovens serão selecionados pelo CATE – Centro de Apoio ao Trabalhador e Empreendedor de Eunápolis através do departamento de Juventude coordenado por Maria Carolina, de acordo com a situação de vulnerabilidade, já que a turma terá 60 vagas.

“O Inova Jovem visa criar oportunidades de inclusão social e de autonomia para os jovens, principalmente negros, entre 15 e 29 anos, expostos às situações de vulnerabilidade social. Serão ofertados cursos presenciais, assessoria na criação de empresas, acompanhamento e apoio. Durante o curso, o jovem poderá elaborar um plano de negócios, com metas e objetivos definidos, além de traçar estratégias necessárias para consolidar sua ideia de negócio”, explicou a secretária.

A nível nacional, o projeto conta hoje com 100 turmas e a previsão é que atenda cerca de 2000 jovens. “Este projeto é um grande ganho para nossa cidade, pois além de capacitar e incentivar o empreendedorismo, combatendo o índice de violência e morte de jovens em nosso município, é acima de tudo uma política pública afirmativa que garante aos jovens em situação de vulnerabilidade a oportunidade de conquistar independência financeira e transformar suas comunidades”, concluiu o prefeito de Eunápolis, Flávio Baiôco.